Agenda de Eventos

Contactos

Rua Domingos Saraiva, Nº 6
2725-286 Algueirão-Mem Martins

219 229 450/8

219 229 459

geral@jfamm.pt

2ª feira a 6ª feira
das 9:00 às 17:30

 

Chama-se lagarta do pinheiro e apesar do aspeto inofensivo, há que ter muita atenção à exposição e, principalmente, ao contacto com este inseto.


Esta lagarta é muito comum em árvores como pinheiros e cedros e está cada vez mais presente em Portugal, sobretudo em períodos quentes e secos. Libertam milhares de pelos que são uma ameaça à saúde pública, por isso é preciso ter muita atenção à sua existência em ambiente urbano.

Sempre que existe uma árvore destas por perto é preciso ter cuidado para que os seus animais ou filhos não toquem neste inseto. Curiosos e brincalhões por natureza, os animais e as crianças são mais facilmente afetados pela lagarta do pinheiro e, por isso, a Direção-Geral de Saúde alerta para alguns cuidados a ter.

O contacto com este inseto pode causar algumas reações alérgicas, sobretudo, devido à ação urticante dos pelos da lagarta. E os principais sintomas passam por inchaço, irritação na pele e, por vezes, dificuldade em respirar.

A Câmara Municipal de Sintra e as autarquias locais estão empenhadas na luta contra este inseto, para proteção da população. Por isso, estão em vigor meios de combate à proliferação desta lagarta nas zonas urbanas.

De Fevereiro a Maio será feita a destruição das lagartas através da instalação de cintas embebidas em cola inodora à volta das árvores, assim como recolha e queima das lagartas.

De Junho a Setembro far-se-á a captura das borboletas macho através de armadilhas iscadas com feromonas sexuais.

De Setembro a Outubro destruição das lagartas através de tratamentos químicos.

De Outubro a Novembro continuação da destruição das lagartas através da micro injeção nos troncos.

E de Novembro a Dezembro remoção direta dos ninhos.

No entanto, se você, o seu filho ou o seu animal tiver algum contacto com esta lagarta, deverá ligar para a Linha Saúde 24 ou para o veterinário, ou dirigir-se a uma unidade de saúde.

Agradecemos ainda o contato com a Junta de Freguesia de Algueirão-Mem Martins ou com a Câmara de Sintra para que possam ser tomadas as medidas acima referidas de combate a esta praga.